Fuja da concorrência


“Estamos melhorando em tudo o que fazemos” CEO Puma, Bob Philion

Não foque na concorrência, foque no cliente.

Uma frase simples e ao mesmo tempo muito profunda…

Em tempos de seguir desenfreadamente a concorrência, muitos profissionais acabam tornando-se mestres nas atividades de empresas alheias e se esquecem que o foco é ser melhor para o seu consumidor e não para a concorrência. O foco no cliente nunca trará prejuízos, aposte nele.

Um dia já soube muito mais da Netshoes do que da Centauro… Sim, e faz parte da avaliação SWOT ou Benchmarking que para qualquer profissional de marketing é a base e o direcionamento.

Mas o que vc pode melhorar hoje sentadinho nessa cadeira? Menos tempo nas redes sociais, mais  sinergia com outras áreas.

Você não precisa saber tudo que está acontecendo nas redes, mas saber um pouco mais da empresa em que atua pode trazer resultados e gerar insights mais produtivos ao fim do dia.

Vale a Reflexão x Ação. Bom trabalho!

Acesse aqui a matéria completa com o CEO da Puma.

Renata Reis 🙂

Anúncios

MarketPlace: Mercado Livre, B2W ou Magalu?


O Maior do Brasil: Mercado Livre, B2W ou Magalu?

Com base no último relatório do BTG Pactual e na matéria do Money Times em 31/07, vamos descobrir juntos, qual é o maior site de comércio eletrônico no Brasil atualmente, e com isso, você poderá escolher quais serão suas prioridades como canal de Marketplace!

Segundo os analistas do BTG, especialistas em dados do varejo online no Brasil, o E-commerce cresceu 12% no primeiro semestre do ano de 2019, totalizando um total de R$ 26,4 bilhões.

Qual é o maior site de comércio eletrônico no Brasil atualmente?

Outra análise que comprova números de crescimento do setor é o levantamento da Ebit/Nielsen, que confirma o crescimento de 12% e reforça que o número pedidos aumentou 20%, passando de 54,4 milhões para 65,2 milhões de compras online, também mostra que o consumo está aumentando cada vez mais com novos entrantes: 18% dos consumidores tiveram a sua primeira experiência de compra online.

O Maior do Brasil: Mercado Livre, B2W ou Magalu?

O Maior do Brasil: Mercado Livre, B2W ou Magalu?

Conforme o gráfico, estamos em uma evolução constante desde 2011, isso é incrível! Principalmente se comparado a evolução de economia no Brasil e da crise que enfrentamos nos últimos anos.

Porém, existem grandes marcas responsáveis por tracionar a grande parte desse crescimentos, dentre elas estão bandeiras como: Mercado Livre, B2W Digital que opera marcas como: Americanas, Submarino e Shoptime no E-commerce brasileiro, Magazine Luiza que recentemente adquiriu a varejista Netshoes e ainda temos a Via Varejoresponsável pela presença digital das marcas: Casas Bahia, Extra e Ponto Frio.

Todas elas oferecem o seu canal de Marketplace, para que outros lojistas, distribuidores, importadores e fabricantes ofereçam seus produtos utilizando suas vitrines que tem milhares de acessos diários.

Dentre elas, qual seria o maior canal de E-commerce do Brasil hoje?

Segundo os analistas e baseando-se nos gráficos a baixo, temos o Mercado Livre na primeira posição, com uma quantidade de visitas bem maior que os demais, totalizando 324,5 milhões de visitas em Junho/2019.

Na segunda posição temos a Americanas.com, do grupo B2W, com 114,5 milhões de visitas no mês de Junho/2019.

E na terceira posição ficou a Magazine Luiza, que totaliza 54,5 em Junho/2019.

temos o Mercado Livre na primeira posição, com uma quantidade de visitas bem maior que os demais...

Vale ressaltar que nas posições seguintes, temos na 4ª posição a Casas Bahia da Via Varejocom 33,8 milhões de visitas, em seguida o Submarino, também do grupo B2W com 27,6 milhões como 5ª maior, e por mais incrível que possa parecer, já na 6ª posição, ultrapassando canais como Shoptime e Ponto Frio, temos a gigante recém chegada no Brasil, Amazon, que totalizou 59,4 milhões de visitas em Junho/2019, maior que a Magazine Luiza se comparado apenas o mês de Junho.

Com base nesses dados fica muito mais fácil para que você possa organizar sua estratégia de entrada nos canais de Marketplace e o melhor, aproveitar essas grandes vitrines do e-commerce, expor seus produtos e aumentar suas vendas online.

Fonte: Leandro Ratz