Busca – Fonte de Informação


Busca Fonte de InformaçãoConforme dito no post sobre métricas, tudo que você precisa saber sobre seu cliente está na mensuração dos resultados.

A busca interna da loja virtual é uma fonte  de  informação, pois demonstra o nível de inteligência do sistema de busca e a experiência do usuário no site.

Você consegue responder alguma destas perguntas?

  • Quais as palavras mais buscadas?
  • Quais as marcas?
  • Quais os produtos?
  • O que o cliente buscou e não encontrou?
  • A relação  entre as palavras está adequada?
  • Os resultados são satisfatórios?

Não basta planejar a estratégia de busca orgânica e links patrocinados. Conhecer os erros e o perfil da busca interna é fundamental, pois os dados deste relatório  apontam os pontos fortes e fracos do sistema de busca identificando ameaças e oportunidades para a loja virtual = Análise SWOT.

Algumas possíveis conclusões:

  • Meus clientes estão em busca de acessórios, pois há um alto índice na busca por estes itens;
  • A palavra blusão foi bastante procurada, porém utilizo o termo jaquetas;
  • O produto mais buscado no site é “caneca” e tenho um mix reduzido;
  • Há uma procura considerável pela marca “Oakley” e não tenho produtos da marca.

Como podemos notar, a experiência do usuário  deixa rastros que podem ser aperfeiçoados e aplicados na loja virtual. A elaboração do mix de produto, a seleção de categorias, a definição de menus e filtros, entre outras estratégias podem ser direcionadas a partir desta métrica.

O foco sempre será  a conversão e a experiência positiva para o usuário – se não for assim – não há e-commerce.

#Fica a dica 🙂

@_RenataReis_

Anúncios

Busca – Digite aqui o que procura


Não falarei dos buscadores que são responsáveis por 35%  do tráfego de um e-commerce, porém farei “simples” apontamentos sobre a busca interna das lojas virtuais.

A busca interna é o passo inicial para o usuário que precisa achar informações e que está conhecendo a sua loja. O mais importante na busca é a relevância dos resultados.

Considerada peça chave na navegação do usuário, a busca ganhou destaque na maior parte dos sites, principalmente nas lojas virtuais. Geralmente está posicionada no topo dos sites proporcionando a melhor visualização e acessibilidade ao usuário.

Busca ecommerceBoa parte das lojas a ilustram com a famosa lupa e o campo de busca com suas diversas indicações: Busca, Buscar, Busque no Site, Procure por, Buscar em, Pesquisar, etc. Em  alguns e-commerces o campo de busca traz o texto: Digite aqui o produto, Digite aqui o que procura, O que deseja buscar?  Procuro por, entre outros.

Algumas buscas trazem sugestões de palavras logo que começamos a digitar o texto, utilizando a mesma experiência do Google Instant Search,  proporcionando ao usuário mais agilidade em sua pesquisa.

Porém, poucos conseguem ser eficientes. Basta realizar uma busca e constatar a falta de inteligência nos sistemas de algumas lojas virtuais. Os filtros são desorganizados e muitas vezes ausentes, a busca avançada é falha, ainda há incoerência e falta de relevância nos resultados, e estes são apenas alguns exemplos.

Uma estratégia eficiente que encontrei indicava no campo de busca o seguinte texto: Digite seu produto, marca ou esporte desejado”.

O que há de interessante nisso?

A busca trazer o esporte – ou melhor – todos os produtos da categoria esportiva pesquisada. O que é bem diferente de trazer a relação  dos produtos que contém  a palavra em sua url, descrição ou ficha técnica.

Para Martha Gabriel, “o aprofundamento da experiência e relacionamento com as marcas e produtos tem começado pela busca na web.

Poucos e-commerces conseguem transformar a experiência do e-consumidor  em pequenos diferenciais competitivos.

Segundo Kotler, “na medida em que a empresa pode e diferenciar e se posicionar como fornecedora de valor superior, ela ganha vantagem competitiva.”

Para quem não conhece,  o Google disponibiliza sua própria plataforma para fazer a busca  interna “do seu site” – Custom Search.

Não me lembro de ter visto nenhum e-commerce usando este sistema.

#Fica a dica.

Abraços 🙂

@_RenataReis_