E-commerce: Faturamento do 1o Semestre 2014


E-commerce: Faturamento do 1o Semestre 2014

O que é o WebShoppers?

O WebShoppers é uma iniciativa da e–bit e tem como objetivo buscar informações sobre o comportamento de compras dos internautas brasileiros, demonstrando em números toda a evolução do comércio eletrônico nacional. O WebShoppers está em sua 30ª edição.

Vamos aos resultados?!

Números

  • O comércio eletrônico brasileiro faturou R$ 16,06 bilhões de reais no 1o semestre de 2014;
  • Obteve crescimento de 26% em relação ao resultado do mesmo período de 2013;
  • Registrou 48,17  milhões de pedidos – 36% superior a 2013.

Comportamento

  • Conquistou 5,06 milhões de novos e-consumidores – crescimento de 27%;
  • O ticket médio mais uma vez apresentou queda – fechando em 333,40 reais;
  • Foram 25,05 milhões de consumidores online neste semestre.

Ranking das Categorias (pedidos)

  1. Moda & Acessórios 18%;
  2. Cosméticos, Perfumaria e Saúde 16%;
  3. Eletrodomésticos 11%;
  4. Livros, assinaturas de revistas e jornais 8%;
  5. Telefonia – Informática 7%.

Sem muitas novidades, a Categoria Moda & Acessórios continua liderando o ranking das categorias com maior volume de pedidos.

> Copa

A Categoria Eletrônicos ficou na 8a posição com 6% do volume de pedidos.

O Webshoopers do período anterior não relatou a posição da categoria, porém em 2013  a categoria eletrônicos ficou na 8a com 5% do volume de pedidos.

Mobile Commerce

  • As vendas a partir de dispositivos móveis já representam 7% neste semestre – um crescimento de 84% em um ano;
  • Número de pedidos: 2,89 milhões;
  • Ticket médio reduziu  11% – sendo de 391 reais;
  • Faturamento: 1,13 bilhão contra 560 bilhões em 2013.

> Perfil do consumidor

  • 57% são mulheres;
  • 39% com faixa etária de 35 a 49 anos;
  • 64% classes A e B –  25% C e D – 11 % sem informação;
  • Moda e Acessórios (17,5%), Cosméticos, Perfumaria e Saúde (17,4%) e Eletrodomésticos (11,1%).

Crescimento para o 2o semestre de 2014

A expectativa é que o comércio eletrônico fature R$ 35 bilhões no ano de 2014, registrando um crescimento de 21% com 63 milhões de e-consumidores e 104 milhões de pedidos.

Confira o relatório completo do WebShoppers 30a edição!

Anúncios

Faturamento do Comércio Eletrônico em 2013


O que é o WebShoppers?

Faturamento do Comércio Eletrônico em 2013O WebShoppers é uma iniciativa da e–bit e tem como objetivo buscar informações sobre o comportamento de compras dos internautas brasileiros e sua relação com o e-commerce, demonstrando em números toda a evolução do comércio eletrônico nacional.

O WebShoppers está em sua 29ª edição.

Mas quem é a e-bit? Presente no mercado desde janeiro de 2000, a e-bit se tornou uma empresa especializada em informações sobre o comércio eletrônico brasileiro.

Então, vamos ao cenário do comércio eletrônico brasileiro em 2013.

Números

  • O comércio eletrônico brasileiro faturou 28,8  bilhões de reais em 2013;
  • Obteve crescimento  de 28% em relação ao resultado de 2012;
  • Foram realizados 88,3 milhões de pedidos – número 32% maior que em 2012;
  • O evento Black Friday registrou mais um recorde de vendas com um faturamento de 770 milhões em apenas 1 dia.

Comportamento

  • Conquistou 9,1 milhões de novos e-consumidores;
  • O  ticket médio foi de 327 reais, número inferior a 2012 que registrou um ticket de 342 reais;
  • Já somos 51,3 milhões de consumidores online.

Ranking das Categorias (volume de pedidos)

  1. Moda & Acessórios (19%) x (12,2%) 2012;
  2. Saúde, Beleza e Medicamentos (18%) x (12%) 2012;
  3. Eletrodomésticos (10%) x (12,4%) 2012;
  4. Livros, Assinaturas e Revistas (9%);
  5. Informática (7%) x  (9,1%) 2012.

Faturamento do Comércio Eletrônico em 2013– A categoria Moda & Acessórios se consolidou na 1a posição em 2013.

– A categoria Livros voltou a ocupar o ranking das tops 5, já que em 2012 não apareceu.

– A categoria Casa e Decoração que apareceu pela primeira vez  no ranking de 2012 com  a 5a posição, perdeu força e ocupou  a 7a posição com 6%.

– A expectativa de crescimento é para a categoria Eletrônicos com a venda de TVs no ano da Copa do Mundo. A categoria ficou em 8a posição registrando 5%.

Frete

Houve queda na oferta de frete grátis, que passou de 58%, em dezembro de 2012, para 50%, em dezembro de 2013.

Mobile Commerce

É realidade… e os números continuam crescendo, embora muitas lojas virtuais ainda não possuam uma versão mobile.

Janeiro de 2012 (0,8%) – Janeiro de 2013 (2,5%) – Dezembro de 2013 (4,8%)

Em um estudo feito pela Tata Consultancy Services está previsto um crescimento de 35% do m-commerce na América Latina em até 2015.

> Crescimento para 2014

A expectativa da e-bit para 2014 é que o setor alcance um faturamento ao redor de 34,6 bilhões de reais representando um crescimento de 20%.

Confira o relatório completo do WebShoppers 29a edição!

Versão em PDF 🙂