Faturamento do Comércio Eletrônico em 2014


O que é o WebShoppers?

O WebShoppers é uma iniciativa da e–bit e tem como objetivo buscar informações sobre o comportamento de compras dos internautas brasileiros e sua relação com o e-commerce, demonstrando em números toda a evolução do comércio eletrônico nacional. O WebShoppers está em sua 31ª edição.

Então, vamos ao cenário do comércio eletrônico brasileiro em 2014.

Faturamento do Comércio Eletrônico em 2014

Números

  • O comércio eletrônico brasileiro faturou 35,8  bilhões de reais em 2014;
  • Obteve crescimento  de 24% em relação ao resultado de 2013;
  • Foram realizados 103,4 milhões de pedidos, número 17% maior que em 2013;
  • O evento Black Friday representou 20% das vendas, alcançando 1,16 bilhões em faturamento.

Comportamento

  • O  ticket médio foi de 347 reais, número 6% superior ao registro anterior de 327 reais;
  • Conquistou 10,2 milhões de novos e-consumidores;
  • Já somos 51,5 milhões de consumidores online.

Ranking das Categorias (volume de pedidos)

  1. Moda & Acessórios (17%) x (19%) 2013
  2. Saúde, Beleza e Medicamentos (15%) x (18%) 2013
  3. Eletrodomésticos (12%) x (10%) 2013
  4. Telefonia e Celular (8%)
  5. Livros, Assinaturas e Revistas (8%) x (9%) 2013

– Destaque para a categoria Telefonia e Celulares que voltou a ocupar o ranking das 5 tops.

– A categoria Eletrodomésticos foi a única que apresentou crescimento.

– As demais categorias apresentaram queda em relação ao ano anterior.

– Alerta para categoria Informática que perdeu a 5a posição ocupada em 2013.

Frete

Houve queda na oferta de frete grátis, que passou de 50% em dezembro de 2013, para 43% em dezembro de 2014.

Mobile Commerce

Mcommerce em 2014

Dezembro 2014 = 9,7% das vendas.

– Em dezembro de 2014: 65% das compras foram realizadas por smartphones e 35% por tablets.

– As classes A e B representam 62%, C e D = 27%.

– 57% são mulheres – destas 39% com faixa etária entre 35 e 49 anos.

– 43% são homens – destes 38% com faixa etária entre 35 e 49 anos.

– As categorias que mais geraram pedidos foram: Cosméticos e Perfumaria/Cuidados Pessoais/Saúde (16,2%), Moda e Acessórios (14,4%), Eletrodomésticos (11,5%), Casa e Decoração (7,8%) e Livros/Assinaturas e Revistas (7,7%).

– Renda do consumidor m-commerce: R$ 6.128  x  R$ 4.378.

Sites Internacionas

– Sites chineses responderam por 55% da última compra dos entrevistados.

– 4 em cada 10 brasileiros fizeram compras em sites internacionais.

– Os 5 sites mais utilizados foram: AliExpress, eBay, Amazon.com, DealExtreme e MiniInTheBox.

– Dos 20 sites mais usados 12 são chineses.

– As 3 categorias mais consumidas foram: Moda e Acessórios, Eletrônicos e Informática.

– As formas de pagamento foram: 54% cartão de crédito, 24% PayPal e 20% boleto bancário.

– O gasto médio do consumidor foi de U$ 163,21.

– O valor estimado das compras feitas por brasileiros em sites internacionais, em 2014, foi de R$ 6,6 bilhões, que representa 18% do total de faturamento dos sites brasileiros de e-commerce.

>>> Crescimento para 2015

A expectativa da e-bit para 2015 é que o setor alcance um faturamento ao redor de 43 bilhões de reais,  um crescimento de 20%.

Confira o relatório completo do WebShoppers 31a edição!

Faturamento Black Friday 2014


Seguem os números  da 5a edição da Black Friday no comércio eletrônico brasileiro.

Faturamento Black Friday 2014

Faturamento Black Friday 2014

  •  Faturamento = R$ 871.986.167,00
  • Transações = 2.092.345
  • Ticket médio = R$ 416,75
  • Fraudes (evitadas) = R$ 3.058.936,60
  • Menor ticket Sudeste = R$ 406,47
  • Maior ticket Sul =  R$ 463,97
  • Faixa de consumo = 31 a 40 anos = 31% / 23 a 30 anos = 30%
  • Categorias procuradas em cliques

Eletrônicos = 41,76%

Esporte e Lazer = 14,48%

Informática = 10,98%

Viagens = 10,04%

Moda  = 8,74%

Fonte: ClearSale e Busca Descontos

obs.: variação de R$ 871,9 milhões a R$1,3 bilhão de acordo com análises de diferentes organizações.

E-commerce: Faturamento do 1o Semestre 2014


E-commerce: Faturamento do 1o Semestre 2014

O que é o WebShoppers?

O WebShoppers é uma iniciativa da e–bit e tem como objetivo buscar informações sobre o comportamento de compras dos internautas brasileiros, demonstrando em números toda a evolução do comércio eletrônico nacional. O WebShoppers está em sua 30ª edição.

Vamos aos resultados?!

Números

  • O comércio eletrônico brasileiro faturou R$ 16,06 bilhões de reais no 1o semestre de 2014;
  • Obteve crescimento de 26% em relação ao resultado do mesmo período de 2013;
  • Registrou 48,17  milhões de pedidos – 36% superior a 2013.

Comportamento

  • Conquistou 5,06 milhões de novos e-consumidores – crescimento de 27%;
  • O ticket médio mais uma vez apresentou queda – fechando em 333,40 reais;
  • Foram 25,05 milhões de consumidores online neste semestre.

Ranking das Categorias (pedidos)

  1. Moda & Acessórios 18%;
  2. Cosméticos, Perfumaria e Saúde 16%;
  3. Eletrodomésticos 11%;
  4. Livros, assinaturas de revistas e jornais 8%;
  5. Telefonia – Informática 7%.

Sem muitas novidades, a Categoria Moda & Acessórios continua liderando o ranking das categorias com maior volume de pedidos.

> Copa

A Categoria Eletrônicos ficou na 8a posição com 6% do volume de pedidos.

O Webshoopers do período anterior não relatou a posição da categoria, porém em 2013  a categoria eletrônicos ficou na 8a com 5% do volume de pedidos.

Mobile Commerce

  • As vendas a partir de dispositivos móveis já representam 7% neste semestre – um crescimento de 84% em um ano;
  • Número de pedidos: 2,89 milhões;
  • Ticket médio reduziu  11% – sendo de 391 reais;
  • Faturamento: 1,13 bilhão contra 560 bilhões em 2013.

> Perfil do consumidor

  • 57% são mulheres;
  • 39% com faixa etária de 35 a 49 anos;
  • 64% classes A e B –  25% C e D – 11 % sem informação;
  • Moda e Acessórios (17,5%), Cosméticos, Perfumaria e Saúde (17,4%) e Eletrodomésticos (11,1%).

Crescimento para o 2o semestre de 2014

A expectativa é que o comércio eletrônico fature R$ 35 bilhões no ano de 2014, registrando um crescimento de 21% com 63 milhões de e-consumidores e 104 milhões de pedidos.

Confira o relatório completo do WebShoppers 30a edição!